quinta-feira, 26 de janeiro de 2023

QUEM GOSTA DE POESIA?


 

terça-feira, 24 de janeiro de 2023

PITÁGORAS


 

Tecnologias diversificam culturas na agricultura familiar e promovem segurança alimentar


Nos próximos dias 1 e 2 de fevereiro, no município de Magalhães de Almeida-MA (Distrito Custódio Lima), a Embrapa Cocais - em parceria com a Ambev, a Cooperativa dos Produtores do Tabuleiro de São Bernardo - COOPRODUTASB e o Governo do Estado do Maranhão - vão promover dois eventos para mostrar soluções tecnológicas sustentáveis que contribuem para a diversificação de culturas na agricultura familiar, geração de renda e segurança alimentar. Um deles é o dia de campo Manejo do Consórcio Rotacionado para Inovação na Agricultura Familiar – CRIAF, que será realizado na manhã do dia 1º de fevereiro. Como parte da programação do dia de campo, também haverá palestra sobre “Melhoramento genético na cultura da mandioca” durante a qual também serão apresentados resultados preliminares do projeto executado pela Embrapa, em parceria com a AMBEV, COOPRODUTASB e Movimento dos Trabalhadores Sem Terra – MST. Espera-se, ao final do projeto, a recomendação de duas ou três variedades de alta produtividade de raízes e alto teor de amido para melhorar a produtividade dos mandiocultores. Haverá ainda a palestra “PROJETO AMBEV – Parceria, ação social e benefícios para o produtor”. No período da tarde do dia 1º de fevereiro e durante todo o dia 2 de fevereiro, será a vez do segundo evento, a ser realizado no Povoado Alto Alegre: o curso “Mecanização na cultura da mandioca”, uma das atividades do projeto de pesquisa da Embrapa Cocais/Ambev.


Para ler a matéria na íntegra, acesse aqui.

VESTE


 

quarta-feira, 18 de janeiro de 2023

Produção mineral comercializada da Bahia alcança os R$ 10,2 bilhões em 2022

Fotos: Mateus Pereira/GOVBA - A produção mineral comercializada da Bahia alcançou, em 2022, os R$ 10,2 bilhões de reais. O valor é 7% maior que o registrado em 2021, quando a soma atingiu os R$ 9,6 bilhões, conforme dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia (SDE). Os números alcançados vão de encontro à tendência nacional do setor que encerrou o ano com queda de mais de 26%, de acordo com o Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram). O relatório da SDE também evidencia a produção comercializada do ouro, do cobre e do níquel que se destacaram, alavancando consequentemente a arrecadação da Contribuição Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (Cfem), nos municípios de Jacobina, Itagibá, Jaguarari e Juazeiro. Conforme a Agência Nacional de Mineração (ANM), a produção mineral dos quatro municípios foi responsável por arrecadar mais da metade da Cfem de todo o estado. Dos mais de R$ 182 milhões de reais arrecadados na Bahia, em 2022, mais de R$ 60 milhões foram dos municípios citados. Tais números significam mais verba para os cofres públicos das cidades, uma vez que os municípios produtores ficam com 60% desta arrecadação. Para o presidente da Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (Cbpm), a mineração é de grande importância para as dezenas de municípios baianos que possuem direito a esse recurso. “A mineração tem papel fundamental para o crescimento do estado. As cidades onde estão situadas as empresas são beneficiadas tanto com o dinheiro da CFEM que retorna para o município quanto pelos empregos gerados, que normalmente pagam três vezes a mais do que em outros setores, beneficiando toda a economia da cidade”, declara Tramm. 
Bahia lidera investimentos em pesquisa mineral - Além dos grandes investimentos previstos para os próximos anos, o valor destinado à pesquisa mineral é um diferencial e a Bahia vem se destacando ao longo dos últimos anos. Dados da Agência Nacional de Mineração (ANM) mostram que no acumulado dos últimos quatro anos (2017 a 2021) a Bahia foi o estado que mais realizou investimentos em pesquisa mineral. No total, foram mais de R$1,5 bilhões de reais (contabilizando investimentos públicos e privados). “Nós precisamos ampliar, reconhecer o papel, a importância da pesquisa mineral e, nesse sentido, quero dar parabéns à Bahia e, particularmente, à CBPM. A Bahia hoje é a campeã nacional em pesquisa mineral, um em cada três reais aplicados em pesquisa é aqui na Bahia. A Bahia é o terceiro lugar na mineração hoje, só perdendo para o Pará e Minas Gerais, mas eles não perdem por esperar”, salienta o presidente do Instituto Brasileiro de Mineração Raul Jungmann.

QUERIA


 

terça-feira, 17 de janeiro de 2023

Pesquisa de Professor da Uesc é incluída na 2ª Edição do Manual de Georreferenciamento de Imóveis Rurais do Incra

O resultado de uma pesquisa coordenada pelo professor doutor Niel Nascimento Teixeira, do Departamento de Ciências Agrárias e Ambientais (DCAA) da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), foi incluído na 2ª Edição do Manual de Georreferenciamento de Imóveis Rurais do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), com validade em todo o País. A medida vai beneficiar o processo de regularização fundiária dos imóveis. A Lei 10.267/2001 instituiu a certificação de imóveis rurais no Brasil junto ao Incra, com a finalidade principal de regularização fundiária dos mesmos.

domingo, 15 de janeiro de 2023

Fotos, Fatos e Histórias do Rio Antigo - "A Batalha de Pirajá "

Na esquina da Rua Visconde de Pirajá com a Rua Garcia D'Ávila, em Ipanema, encontra-se a estátua de um soldado todo molengo, apoiado num poste para não cair e tocando uma corneta. O que pouca gente sabe é que aquela figura caricata é uma homenagem a um herói da Historia do Brasil. Um herói por acaso, é verdade, mas um homem que mudou o curso da história de nosso país. A história é a seguinte: Quando D. Pedro I proclamou a independência do Brasil em 7 de setembro de 1822, a guarnição portuguesa estacionada em Salvador rebelou-se e recusou-se a aceitar o novo regime. Foram, então, enviadas tropas brasileiras para dominar o motim e restabelecer a autoridade do imperador na capital baiana. Os rebeldes, mais numerosos, mais bem armados e mais bem treinados estavam ganhando a batalha. O comandante das forças brasileiras, sentindo a derrota iminente ordenou ao Corneteiro Lopes que desse toque de “Debandar!". Reza a lenda que Lopes, completamente embriagado, confundiu-se e, em vez de “Debandar!”, deu o toque de “Avançar! Degolar!”. Diante da reação dos brasileiros, os soldados portugueses, convencidos de que os baianos haviam recebido reforços, bateram em retirada e as tropas do Imperador retomaram Salvador. Era o dia 2 de julho de 1823, que até hoje é comemorada como a data da Independencia da Bahia e o conflito foi batizado como a "Batalha de Pirajá." Daí a homenagem eternizada em uma estátua de bronze ao Corneteiro Lopes ficar exatamente na Rua Visconde de Pirajá, nome esse, do combate ocorrido.
A obra em bronze é do artista Ique.
Celia Fernanda Fontoura

sexta-feira, 13 de janeiro de 2023

CHEGOU A HORA DE UMA AÇÃO DEFINITIVA CONTRA O TERROR?

Gilberto Maringoni
1. É possível que as corajosas medidas até aqui tomadas contra o terrorismo de extrema direita que detonou a sede física dos três Poderes no último domingo sejam insuficientes para deter o perigo real. Há um problema permanente a ser enfrentado e contemporizações apenas adiam o problema. Teria chegado a hora de uma ação mais incisiva? A resposta não é fácil.
2. A ameaça golpista/terrorista foi momentaneamente isolada, debelada e derrotada. Sublinhe-se o “momentaneamente”. A prisão de cerca de 1500 terroristas, a maioria lúmpens e zés e marias-ninguéns (a base social do fascismo, como sublinhava há oito décadas Wilhelm Reich) é algo relativamente fácil de se fazer. Intervir em um ente federado e afastar sua cúpula política e de segurança representa um grau acima na ousadia do poder central. Em breve, financiadores espalhados pelo país chegarão às barras dos tribunais. São medidas ousadas, mas não de todo inéditas por aqui. Falta algo mais.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2023

PROJETO LÁPIS NA MÃO

Com orgulho exibindo os "mimos" da minha pequena colaboração no Projeto LÁPIS NA MÃO através do Proler/UESC. O projeto foi promovido pela TV Santa Cruz, Itabuna/BA, com apoio da nossa UESC, Editus, Faculdades Santo Agostinho, Suzano, Prefeitura de Ilhéus e diversas entidades públicas e privadas que contribuíram para o sucesso do evento. O LÁPIS NA MÃO envolve anualmente milhares de estudantes do ensino básico da região sul da Bahia em concurso de desenho, redação e contadores de histórias, cujo tema em 2023 atendeu pelo slogan "LEITURAS E ARTES - INCLUSÃO PARA A VIDA". Pude ajudar na seleção dos desenhos classificados e fiquei encantado com a inspiração e expressão dos meninos e meninas em trabalhos de alto nível. No clic de minha princesa Sinthia Mauricio, a agenda, camisa e certificado pela colaboração. Parabéns aos demais colaboradores e até a próxima edição. Marcos Mauricio

QUINHO


 

segunda-feira, 9 de janeiro de 2023

CIENCIA PARA AS PESSOAS

NO período da pandemia do Covid-19, foi notória a capacidade que a ciência tem em se reinventar e dar uma resposta rápida diante da necessidade. Se fosse depender dos critérios técnicos, prazos e avaliações, hoje estaríamos lamentando bilhões de mortos pela Covid-19. Mas existe um outro lado da moeda; minha decepção com a ciência aumentou depois dessa crueldade que abateu na humanidade. Acredito que existem medicamentos e curas para o câncer, HIV e doenças como diabetes, asma, Alzheimer, mal de parkison, eplepsia e uma lista infinita de enfermidades pré-existentes. Li muitos artigos onde pesquisas em estágios avançados, comprovando curas definitivas para diversos males estão na fila de espera para liberação há décadas e jamais serão conhecidas pela humanidade. Gigantescos laboratórios que vivem às custas de centenas de milhões de pessoas doentes no mundo fornecendo remédios controladores e paliativos, consequentemente, lucrando fortunas na casa dos bilhões não deixam que o resultados das pesquisas venham beneficiar as pessoas, pois isso seria a falência desses monstros que lucram horrores. Já observou que um comprimido paliativo com um peso insignificante tem o valor maior que o peso de ouro? Marcos Mauricio.


 

UESC - NOTA REPÚDIO

 

Universidade Estadual de Santa Cruz

Assessoria de Comunicação

NOTA REPÚDIO

A Universidade Estadual de Santa Cruz – Uesc, vem a público manifestar a sua veemente condenação aos atos terroristas ocorridos neste domingo, 8 de janeiro de 2023, em Brasília, a capital de todos os brasileiros.

A democracia pressupõe alternância de poder, divergências de pontos de vista, mas não admite as cenas deprimentes que o Brasil é surpreendido nesse momento.

A afronta aos Poderes, a destruição de bens e do patrimônio de todos, a agressão a agentes públicos e de segurança não podem ser toleradas e devem ser punidas com rigor e urgência.

A ação criminosa deve ser imediatamente debelada em defesa do Estado Democrático de Direito sempre.

A Universidade Estadual de Santa Cruz clama pela imediata restauração da ordem e rigorosa aplicação da Lei contra os infratores e inimigos da Democracia

Ilhéus-Bahia, 8 de janeiro de 2023, Campus Professor Soane Nazaré de Andrade.

Alessandro Fernandes de Santana              Maurício de Santana Moreau

  Reitor                                                             Vice Reitor

NAZISTAS


 

quinta-feira, 5 de janeiro de 2023

Laboratório vivo do Parque Tecnológico da Bahia lança edital para selecionar projetos voltado a cidades inteligente

Nesta terça-feira (3), foi lançado o edital que vai selecionar projetos de empresas de base tecnológica (EBT’s) e instituições de ciência, tecnologia e inovação (ICTI’s) para instalação de soluções para Cidades Inteligentes no Living Lab Smart Cities, também conhecido como Espaço Inovar, localizado no Parque Tecnológico da Bahia. O prazo de inscrição começa em 03/01/2023, e vai até as 23h59 do dia 20/01/2023, exclusivamente de forma eletrônica, por meio do e-mail: editais@parquetecnologico-ba.org.br. Não serão aceitas propostas fora do período estabelecido no edital. O objetivo do edital é estimular o desenvolvimento, a disseminação e a troca de conhecimento em soluções de Cidades Inteligentes com caráter inovador e que proporcione mais qualidade de vida para as cidades baianas em áreas temáticas de interesse do Estado da Bahia. Serão aceitos protótipos e demonstradores de soluções tecnológicas para Cidades Inteligentes. Entre as temáticas definidas no edital estão mobilidade; segurança; turismo, esportes e lazer; crises e emergências; eficiência energética; geolocalização; resíduos sólidos e recursos hídricos. Já em relação às tecnologias, serão avaliadas propostas que utilizem Realidade Virtual; Realidade Aumentada; Drones; IoT (Internet das Coisas) ou Ciência de Dados. A avaliação e seleção das propostas serão realizadas em três etapas. Empresas de qualquer porte podem participar do edital, basta ter CNPJ e registro na Junta Comercial do Estado da Bahia, assim como Instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação - tais como Instituições Ensino Superior ou Centro de Pesquisas do país ou do exterior – também podem participar do processo seletivo. Em caso de microempreendedor individual (MEI), é necessário possuir Certificado da Condição de Microempreendedor Individual com endereço na Bahia. O edital completo está disponível no site https://parquetecnologico-ba.org.br/espaco-inovar/.

DULCE GANHANDO VIDA

 

Neste laboratório estamos dando vida, cores para a protagonista do livro do escritor Sherney Pereira. Ainda em fase de acabamento, textura, sombras após sair do rascunho e vetorização, confesso que é um trabalho gratificante. Marcos Maurico

quarta-feira, 4 de janeiro de 2023

Projeto da Uesc Reúne Dois Grandes Mestres da Capoeira Angola


O projeto de extensão Educação e Multiculturalismo: Formação para a Diversidade, coordenado pela professora doutora Rachel de Oliveira, do Departamento de Ciência da Educação (DCIE/Uesc), promoveu o encontro histórico protagonizado por dois antigos grandes mestres da Capoeira Angola, Mestre Virgílio, de Ilhéus, 88 anos, e Mestre Felipe, de Santo Amaro, 95 anos. O encontro, ocorrido no dia 10 de dezembro, em Santo Amaro da Purificação, foi idealizado por Mestre Virgilio, Doutor Honoris Causa pela Uesc, como uma ação do projeto “Educação e Multiculturalismo”. A atividade foi acompanhada presencialmente pela professora doutora Flávia Alessandra de Souza, do Departamento de Filosofia e Ciências Humanas (DFCH/Uesc), também integrante do projeto. O Mestre Felipe de Santo Amaro, considerado, na atualidade, o Mestre de Capoeira Angola mais idoso do mundo, receberá o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB). Ele recebeu o Mestre Virgílio em sua residência, em Santo Amaro, região do Recôncavo da Bahia, que esteve acompanhado de membros da Associação de Capoeira Angola Mucumbo (Acam), para um diálogo sobre “Ancestralidade e Valores Culturais Negros.” Dentre os membros da Acam, estiveram presentes o contramestre Fábio Sena (UDO/Uesc) e o professor Arthur Santos de Lima, ambos titulados na Capoeira Angola por Mestre Virgilio. Segundo informação da professora Flávia Alessandra, “o encontro foi embalado, de forma muito emocionante, por ladainhas e corridos autorais de Mestre Felipe e contou com o apoio fundamental de sua filha, Simone Ferreira Souza.”
Foto: Associação de Capoeira Angola Mucumbo

terça-feira, 3 de janeiro de 2023

VETORIZAÇÃO DO LIVRO

A primeira faze dos desenhos de Dulce e a Cachorrinha Babalu iniciada. Agora é jogar as cores. Depois negociar com a Editora que tem e melhor propostas. Nesta obra estrou trabalhando as ilustrações no texto do escritor Sherley Pereira. Marcos Mauricio

 

sábado, 31 de dezembro de 2022

AGENDA


 

RECOMENDAÇÃO PARA 2023


 

Vandex apresenta show do projeto “Viva La Música Brasiliana”

O maestro e multi-instrumentista Evandro Botti, conhecido como Vandex, se une ao Punk Bossa Trio para show do projeto “Viva La Música Brasiliana”, que objetiva fomentar a música instrumental brasileira. O evento, que acontece no dia 17 de janeiro (terça-feira), às 19h, no Michelli’s Rock Pizza Bar (Rio Vermelho), terá o guitarrista Mou Brasil como convidado e vai apresentar um repertório de temas instrumentais inéditos compostos pelo anfitrião. Fundador das antológicas bandas baianas Úteros em Fúria e Guizzzmo, Evandro hoje pilota a VandexTv – criada em 2009 como a primeira webTV baiana de música independente –, seu trabalho como produtor de áudio à frente da empresa VX Produções e sua carreira solo. A música de Vandex não tem regra nem proibição: sua inventividade, sua irreverência e seu espírito de vanguarda são marcas da carreira. A estrutura composicional de sua obra congrega uma série de elementos incomuns ao rock tradicional, mescla que realiza de forma confortável e segura, devido à sua longa atuação cultural e também à sua formação acadêmica, como bacharel e mestre em Composição pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). A imersão no universo instrumental é mais um retrato destas potências. E assim, ao lado de Edni Deway (bateria) e Ivan Oliveira (baixo), o artista empunha sua guitarra para mostrar sua recente e criativa produção neste campo. São composições que utilizam ritmos diversificados, compassos compostos, progressões harmônicas totalmente novas, além de motivos cromáticos e harmonizações com acordes de quinta aumentada, sétimas e nonas bemol, expandindo ao limite sua inovação sonora. A noite é apresentada pelo “Jazz em Plutão”, programa da VandexTv que trata de jazz e música instrumental, e vai gerar conteúdo exclusivo para o canal.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2022

Mauricio Moreau: Vice-reitor da UESC recebe título de Cidadão Ilheense

Em Sessão Solene marcada homenagens e discursos o vice-reitor, da Universidade Estadual de Santa Cruz, professor Maurício Santana Moreau, foi oficialmente adotado pelo Município, ao receber o “Título de Cidadão Ilheense” entregue nesta quarta-feira, 22 de dezembro, no Centro de Convenções de Ilhéus. A propositura do vereador Edvaldo Neto Gomes (União Brasil), destaca a contribuição significativa da Universidade, por meio do olhar do vice-reitor voltado à comunidade, com o desenvolvimento da região. “Não é apenas o professor Maurício que está sendo homenageado, é a Universidade Estadual de Santa Cruz. Não estivesse eu na Uesc, não tivesse desempenhado com afinco as diversas atribuições que me são colocadas, no momento na Vice-Reitoria, no reitorado do professor Alessandro Fernandes de Santana, certamente não teria havido esse reconhecimento”, diz o homenageado. “Eu já me sentia ilheense de coração e esta foi a formalização de algo que para mim é real porque me identifico muito com Ilhéus. Aqui eu criei raízes; identifico amigos e tento contribuir em prol da ciência e da tecnologia por meio da educação. Acredito que a educação é capaz de mudar vidas. E por acreditar nisso, e reconhecer que na Uesc, docentes, discentes, analistas e técnicos administrativos têm isso como missão, existe uma sinergia de valores. Isso fez com que eu entendesse que essa é a minha casa”. Com essas palavras, o professor Maurício Moreau, vice-reitor da Uesc, e natural de Itabuna, avaliou o recebimento do título de cidadania Ilheense. Para o reitor da Uesc, professor Alessandro Fernandes de Santana, “o título outorgado pelo legislativo ilheense é o reconhecimento de um trabalho feito com amor. O professor Maurício Moreau traz a representação da comunidade acadêmica da Uesc, daqueles que se comprometem com o desenvolvimento da ciência e ele traz consigo uma responsabilidade com muito amor para transferir esses valores para sociedade. Tudo o que ele abraça, abraça com muito comprometimento. E nós, temos a honra de tê-lo na nossa equipe como o nosso vice-reitor”, conclui.

Startup baiana incubada no Parque Tecnológico da Bahia vence prêmio internacional

Empresa Trackfy é focada na melhoria de gestão, produtividade e segurança da mão de obra e ativos móveis em operações industriais por meio da tecnologia. Com inteligência integrada das atividades de campo em plantas industriais, a startup baiana Trackfy, incubada no Parque Tecnológico da Bahia pela Áity, está no top 10 da categoria IoT (Internet das Coisas) de ranking das 100 startups mais atraentes para o mercado. A Trackfy foi avaliada junto a mais de 25 mil startups inscritas para o Ranking 100 Open Startups 2022 para América Latina. “É uma alegria e honra imensa poder fazer parte deste ranking em meio a empresas brilhantes. Por trás deste prêmio e todo o glamour do momento, existem muitas pessoas, suor e sangue derramados diariamente. O desafio pela frente é gigante, mas seguimos com humildade e cabeça aberta para aprender com os nossos erros e melhorar cada vez mais as nossas soluções”, disse o Túlio Cervino, CEO da startup. A Trackfy desenvolveu uma solução que digitaliza a gestão de atividades das indústrias através da captação e fornecimento de dados que não eram possíveis anteriormente. O produto da startup é o sistema Trackfy - Plataforma WEB que utiliza IoT para localizar pessoas e ativos em tempo real. O objetivo é transformar os dados coletados em dashboards com indicadores, informações e relatórios para o gestor mensurar e otimizar a performance. Com essa solução, empresas de médio porte, por exemplo, vão economizar cerca de R$ 10 milhões anuais, o que equivale a 22% do orçamento total de manutenção/engenharia em uma planta. Em conformidade com LGPD e leis trabalhistas, a Trackfy além de melhorar a gestão, aumenta a segurança e resultados financeiros, pois atua na identificação de ativos e pessoas em tempo real nos ambientes industriais. “O papel da Áity Incubadora é apoiar no desenvolvimento de empresas de base tecnológica como a Trackfy, e é muito gratificante ver uma incubada crescer e conquistar um prêmio de tamanha relevância como este, apresentando ao mercado uma solução inovadora que vai apoiar as indústrias a serem mais seguras e produtivas”, comenta Rafaela Rodrigues, Gestora de Inovação do Parque Tecnológico da Bahia. https://www.openstartups.net/site/)

domingo, 25 de dezembro de 2022

Mais de 80% das pastagens do Sul da Bahia podem ser convertidas em Sistemas Agroflorestais com cacau

Existem mais de 20 mil quilômetros quadrados de pastagens com potencial para implantação de Sistemas Agroflorestais (SAFs) com cacau no Sul da Bahia. É o que aponta um levantamento coordenado pelo Instituto Arapyaú e CocoaAction Brasil em parceria com a Promotoria Ambiental do Ministério Público da Bahia. O número representa 84% das pastagens no território analisado, que incluiu 83 municípios da região. As cidades com as maiores áreas de pasto viáveis para o estabelecimento de SAFs com cacau encontram-se principalmente na porção sul e centro-oeste do território estudado, como Itamaraju, Guaratinga, Itanhém, Ibicuí e Potiraguá. O objetivo do levantamento é orientar políticas públicas, investimentos e pesquisas para a recuperação de áreas degradadas. “Esse mapeamento evidencia o potencial que existe para fomentar a restauração produtiva com SAFs e revitalizar a Mata Atlântica”, aponta Ricardo Gomes, gerente do Programa de Desenvolvimento Territorial do Sul da Bahia, do Instituto Arapyaú. Para chegar aos resultados, o levantamento utilizou como base o mapeamento de qualidade das pastagens em 2020 produzido pelo Laboratório de Processamento de Imagens e Geoprocessamento da Universidade Federal de Goiás no âmbito da iniciativa MapBiomas Brasil. Foram então consideradas características como declividade, solos, balanço hídrico, áreas protegidas, entre outras. “Esse estudo é fruto de um trabalho multidisciplinar de um grupo de pesquisadores e profissionais de instituições com longo histórico de atuação na região, tais como UESC, CIC, UFSB e CEPLAC, que trazem o conhecimento sobre a viabilidade, sobre as condições adequadas para o cultivo”, pontua Marisa Gesteira Fonseca, coordenadora do levantamento sistematizado em um documento intitulado “Pastagens com viabilidade para sistemas agroflorestais com cacau no sul da Bahia”, disponível para download gratuito nos websites do Arapyaú e do CocoaAction. O mapeamento é uma das ações do Projeto Cacau 2030, coordenado pelo CocoaAction Brasil e que conta com a parceria do MapBiomas e do Instituto Arapyaú, entre outras 25 organizações apoiadoras.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2022

COMUNISTA!!!!

 


Uesc tem novas pró-reitora de Graduação e gerente da Gerac - Márcia Morel e Ludimila Coímbra

Na tarde de quarta-feira, 21 de dezembro, o reitor da Universidade Estadual Santa Cruz (Uesc), Alessandro Fernandes de Santana e o vice-reitor Mauricio Moreau, empossaram a nova pró-reitora de Graduação, Márcia Morel, e a Gerente Acadêmica de Graduação Ludimila Scarano Coímbra, que substituem a professora Rosenaide Ramos e o professor Humberto Maia, respectivamente. O reitor, ressaltou a qualificação da sua equipe e desejou sucesso às novas gestoras e confirmou para o mês de janeiro às posses professor Cristiano Bahia no lugar do professor Neurivaldo Guzzi Filho, na Pró-Reitoria de Extensão, e a professora Fernanda Amato Gaiotto que substitui o professor Alexandre Schiavett, na Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, conforme já havia anunciado aos membros do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) e do

quarta-feira, 21 de dezembro de 2022

SAPOS MEUS AMIGOS

Tenho uma profunda admiração pela natureza, o sapo em especial, afinal até tenho um livro intanto-juvenil no prelo versando sobre sapos. No Brasil tem cerca de 454 espécies, esse aí que resgatei e estou cuidando no meu quintal é um Bufo marinus, seja o famoso SAPO-CURURU. No condomínio popular onde moro as crianças matam, esmagam a pauladas um bichinho tão dócil. Se todo mundo que acho feio fosse a motivação para dar pauladas, acho mataria muita gente tirada a bonita (brincadeira). Os sapos alimentam-se de aranhas, besouros, gafanhotos, moscas, formigas, baratas e cupins. Algumas espécies maiores podem comer pequenos pássaros e até mesmo outros sapos, daí a importância desse asquerosos amigos no controle biológico. Marcos Mauricio

segunda-feira, 19 de dezembro de 2022

Centro Cultural Teosópolis promove Sarau Cultural de Natal

Com diversas apresentações artísticas, o Centro Cultural Teosópolis (CCT), promove nesta terça-feira (20), às 18h30 seu Sarau Cultural de Natal. O evento totalmente aberto ao público, terá início às 18h30 com a recepção e apresentação de violino. Segue com apresentação de poesia, leitura de textos sobre o Natal. Um novo momento musical acontece com o Grupo de Violões, seguido por um monólogo sobre o Natal. Uma apresentação cênica sobre o natal será seguida por apresentação do Coral Infantil e do Coral Esperança. Haverá apresentação de piano e órgão, e recitação de poesias com a participação da Academia de Letras de Itabuna. “Queremos levar arte e boa música para nossa população. Vamos promover outros eventos ao longo do próximo ano e pretendemos que o Sarau Cultural de Natal entre para o calendário cultural do município”, diz a Professora Janete Ruiz de Macedo, curadora do espaço. Paralelamente ao Sarau Cultural haverá uma Feira de Artesanato. Peças produzidas na Casa do Vovô e pela Associação dos Artesãos do Sul da Bahia (AASBA) serão apresentadas e vendidas ao público. A organização convida a participação de todos no evento. O Centro Cultural Teosópolis, fica localizado na Rua C, 298, Jardim dos Eucaliptos, Bairro da Conceição, em Itabuna.

GRANDE CEMITÉRIO NACIONAL


 

Editus Publica Novos Livros - Lançamento Coletivo aconteceu na Uesc


A Editus - Editora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) – realizou um novo lançamento coletivo de livros com publicações impressas e em formato digital. O evento aconteceu no auditório do Edifício José Haroldo Castro Vieira (Torre Administrativa), dia 15 de dezembro, e contou com a participação do reitor Alessandro Fernandes de Santana, e do professor Gabriel Nascimento, da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), que abordou o tema “Produção acadêmica e de colonialidade.” Em abril deste ano, a editora universitária lançou 30 títulos e ainda participou de vários eventos, a exemplo da Bienal do Livro da Bahia, no mês de novembro. Agora, foram lançadas mais 13 obras, seis são publicações exclusivamente da Editus e sete são coedições com a Uesf Editora. “Esse é o primeiro resultado de um convênio de cooperação técnica, científica e cultural firmado com a Universidade Estadual de Feira de Santana, por meio de sua editora. Essa parceria possibilitou a criação do selo editorial Sertão-Sul. Esta semana já houve lançamento na Uefs e agora temos a honra de compartilhar também aqui em nossa universidade”, afirmou a diretora da Editus, professora Rita Virgínia Argolo. 
Livros – Foram lançados os seguintes títulos: Ações afirmativas no Brasil contemporâneo: dinâmicas e perspectivas - Flávia Alessandra de Souza (organizadora); Histórias de africanos e seus descendentes no Sul da Bahia - Cristiane Batista da Silva Santos; Protagonismo indígena: arranjos e conflitos nas sesmarias dos jesuítas - Rafael dos Santos Barros; Identidade e resistência afro-brasileira na obra de Jorge Amado - Aline Santos de Brito Nascimento; As Bruxas de Macbeth – Piligra; Rascunhos reais - Alessandro Fernandes de Santana; O menino e seus botões - Maria Rita Prudente; A cozinha de Isis - Sanqueilo de Lima Santos; Guia do Empreendedor - Quelvin Benevides e Alfredo Dib; Transferência de tecnologia - Ediná Santos Rocha Campos e Gustavo Cruz; Perfil do leitor colonial - Jorge de Souza Araújo.